MOÇÃO DE PESAR Nº 019/2020 – Pelo falecimento da senhora CLÉA GUEDES MOREIRA, ocorrido no dia 12 de abril de 2020

Vereador Mário Alves apresenta à Mesa, ouvido o Plenário, a presente MOÇÃO DE PESAR pelo falecimento da senhora CLÉA GUEDES MOREIRA, ocorrido no dia 12 de abril de 2020.

JUSTIFICATIVA

Senhor Presidente,
Senhora Vereadora,
Senhores Vereadores.

Assim nos fala a escritura sagrada:

“Declarou-lhe Jesus: Eu sou a ressurreição e a vida; quem crê em mim, ainda que morra, viverá” João 11:25.

Senhora Cléa Guedes Moreira era natural de Três Corações, filha de Adamastor Ferreira Guedes e Anita Dinamarco Guedes, nascida em 08 de agosto de 1935, portanto, contava na data de seu falecimento com 85 anos.

Esposa do senhor Célio de Castilho Moreira (Celinho Castilho), “Cleinha”, como todos gostavam de chama-la, era pessoa muito querida na comunidade caxambuense, além de exemplar cidadã, mãe de família e, referência no bem viver e conviver.

Chegou em Caxambu no fim dos anos 50, para trabalhar na loja do senhor Hélio Castilho e dona Zaida e, em 1960 foi morar na residência de dona Argia, mãe do nosso saudoso Padre Castilho, bem como dos demais irmãos e irmãs Castilho Moreira. A partir daí, com o falecimento da senhora Maria Lucia Castilho Moreira, “Cleinha” passou a cuidar de Regina como se sua filha fosse.

Cléa foi uma mulher sábia e guerreira, que só fez amigos e admiradores.

Os ex-alunos do antigo Colégio Estadual Ruth Martins de Almeida (CERMA), hoje chamado de ERMA, se lembram da “Cleinha do barzinho”, bem como aqueles que fizeram parte da Banda Marcial Cônego Jose de Castilho Moreira, a melhor banda marcial que Caxambu já teve em todos os tempos, se lembram da “Cleinha”, na casa paroquial atendendo a todos com carinho durante os ensaios. 

Verdadeiramente uma mulher caxambuense, embora nascida em Três Corações, rica em sabedoria, certamente, “Cléa”, conhecia o pensamento que diz que “a sabedoria não nos é dada; é preciso descobri-la por nós mesmos depois de uma viagem que ninguém nos pode poupar ou fazer por nós” (Marcel Proust).

E, assim, hoje numa nova viagem, nossa querida amiga segue viva em nossa lembrança e deixa-nos uma reflexão: “a sabedoria anda solta por aí, para a gente aprender o que quiser” (Darcy Ribeiro).

Que seja dado conhecimento desta singela Moção de Pesar à Regina Lucia de Castilho Moreira Silva e, feito o registro do falecimento da senhora Cléa Guedes Moreira nos anais da Câmara Municipal de Caxambu.

Sala das Sessões, 15 de abril de 2020.

MÁRIO ALVES
VEREADOR

Apoiada pelos Vereadores:

Jean Carlos da Silva
Presidente

Alessandro Bento Fortes
Vice Presidente

Francisco de Souza Martins
Secretário

Fábio Curi Hauegen
Vereador

Jenny Gomes Aragão
Vereadora

Julio Carlos de Souza Nogueira
Vereador

Manoel Ribeiro Pereira
Vereador

Paulo José Rodrigues
Vereador

Renato Sales Brandão
Vereador

Vinicius Hemetério
Vereador

Compartilhe este artigo!Share on Facebook
Facebook
0

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *